29.5.10


Era a primeira vez em que ela tocava seus pés no chão daquele lugar desde aquele dia , aquele dia tão assustador , tão sombrio . Passara meses debruçada naquela maca de hospital , em dias que pensara nunca   conseguir chegar ao seu fim e que agora apenas sobrará alguns arranhões e um gesso , gesso esse que já estava a irrita-la . Sentira falta de tudo aquilo durante todos aqueles meses que estivera em coma , mais de algo ela sentira mais falta  , falta daquele que fazia seu coração bater mais forte e que sonhara com ele durante todas as terríveis noites passadas naquele lugar que agora a fazia arrepiar  , estivera o dia a procura-lo , em uma maratona que insistira a si mesma não desistir , cansada de procura-lo sentou em um banco conhecido e olhou para o céu que estava lindo a compartilhar com ela um maravilhoso pôr do sol . Desviou o olhar por um impulso e lá estava ele , vindo em sua direção daquele jeito de andar que ela tanto amava , lhe presenteou com o mais belo sorriso e esperou que ele chegasse até ela .
 _ E ai ,como está minha acidentada predileta ? - disse ele dando aquele sorriso de lado que para ela , transbordava magia ._ Estou bem , só irritada com isso - disse ela fazendo cara de cachorro sem dono mostrando a ele o gesso .
Ele deu uma risadinha de sua careta e retirou com uma das mãos uma mecha de cabelo que estava em seu rosto , a olhou bem no fundo de seus olhos - Eu senti sua falta sabia ? Senti muito a sua falta - deu um suspiro profundo - Você me pregou uma peça , pensei que nunca mais veria esses olhos tão apaixonantes .
 _ Não sabia que era tão especial para você - disse ela em tom brincalhão tentando esconder o impulso nervoso que a atingia em cheio nesse momento .
 _ Você é muito mais que especial , tive medo de nunca mais ti ver e poder ti falar isso . Iria me culpar por toda a vida por ter sido tão egoísta e ter guardado tudo o que eu sinto por você só para mim . Eu já sabia que te amava , mais descobri que sou totalmente , absolutamente , intensamente e sinceramente louco por ti . Si você , em alguma hora , naquela maca de hospital parace de respirar eu pararia , se seu coração parace de bater o meu morreria .
Ela não sabia o que falar para ele , tudo o que ela sempre quis ouvir daquele que estava agora em sua frente tinha saido de seus lindos lábios e ela tonta , tonta , não sabia o que falar para ele .
 _ Tenho algo para lhe dar que estou guardando a muito tempo , tempo  esse que vejo agora  foi prolongado por besteira - e antes que ela pudesse lhe perguntar o que era , seus lábios si tocaram e todo amor que ambos sentiam um pelo outro foi compartilhado nesse momento . A lua agora aparecia para admirar mais um casal apaixonado e aquilo que ele realmente estava lhe entregando foi dado , aquilo que foi guardado e esteve sempre a esperar aquela que estava agora , finalmente em seus braços , o seu coração .

9 comentários:

  1. Muito, muito, muito, muito lindo !

    ResponderExcluir
  2. Extremamente encantador...
    xD
    Amei!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. estou escrevendo um conto parecido, é o diario de um garoto convivendo 4 meses com uma menina em coma. tá mt lindo flor. beijos
    http://compartilhandonostalgia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. que lindo *-* fiquei sem palavras.

    ResponderExcluir
  5. Que ARREPIANTEE *.*
    -Peço desculpa a demora a responder aos comentários mas os testes não facilitam (tal e qual como a semana passada :x)
    .beijinhos*

    ResponderExcluir
  6. Ótimo texto, me conquistou até o fim :)

    Bom, desculpe vir aqui, mas venho te convidar para participar do Projeto Sílaba Tônica. Contamos com a sua participação.
    http://asilabatonica.blogspot.com/

    ResponderExcluir