16.12.10

As luzes giravam loucamente, a musica alta contagiava a todos, a pista estava lotada e ela chegava a festa de uma amiga. Rostos conhecidos sorriram para ela e uma voz amiga lhe sussurrou ao ouvido " ele está aqui", seu coração bateu forte e suas mãos começaram a suar, seu olhar o procurou por todos os lados quando alguém a tocou no ombro, ela se virou e lá estava ele, lindo como sempre. 

 - Olá - ela disse sem jeito sorrindo para ele.
 - Hei, quanto tempo não? - ele a olha intensamente.
 - Não é, desde de .. - ela abaixa o rosto.
 - É .. - os dois ficaram calados por um tempo e logo depois ele a chamou para irem para fora, para conversarem melhor.
 - Mas, fiquei sabendo que o seu namoro acabou, você está bem? - ela pergunta.
 - Estou sim, o nosso namoro já vinha ruim a muito tempo, era o inevitável - ele a olha nos olhos - e você, como anda sua vida amorosa?
- Estou solteira, você me conhece, não tenho sorte com isso - ela ri.
 - Não é você que não tem sorte, são os idiotas que passam pela sua vida - ele abaixa a cabeça - como eu.
 - Não vou negar que eu sofri muito quando você me deixou para ficar com ela, muitas noites eu chorei lembrando de nós e quantas festas eu dispensei ao saber que você estava lá .. com ela. Mas eu superei, toquei a vida adiante e aqui estou eu. Não podemos amar a todos, eu te amava demais e si você estava feliz com ela, tudo bem, quando a gente ama quer ver o outro feliz, mesmo que não seja ao seu lado.- ela sorri  sem jeito para ele.
 - Não está tudo bem, você foi a pessoa mais especial em minha vida, eu não tinha o direito te ti fazer sofrer - ele a olha intensamente - você sabe porque eu terminei com minha namorada?
 Silêncio.
 - Foi por você, eu descobri tarde demais que eu ainda te amo, amo como eu nunca deixei de amar, eu estava confuso naquele tempo, eu era jovem demais, eramos jovens demais - ele se aproxima dela - eu queria ter a chance de voltar naquele tempo e consertar tudo - ele se aproxima de seus lábios.
 - Mais não pode - ela se afasta - você está certo, eramos jovens demais, você também foi uma pessoa muito especial para mim e sempre será - ela sorri para ele - mas o tempo em que passamos separados só me fez perceber que acabou, que aconteceu e foi lindo, mas não existe mas. Olhe para nós, o tempo nos moldou de modos diferentes, somos dois ímãs que não se atraem mas. Nós já fomos o par perfeito, mas hoje somos só duas pessoas pessoas que viveram algo lindo. Eu te amei durante muito tempo, mas hoje percebi, eu já não te amo mais - ela se levanta e vai embora o deixando ali sentado, sozinho, naquela noite fria no meio-fio chorando por ela, chorando as mesmas lágrimas que ela, por muitas vezes, derramou por ele.

17 comentários:

  1. é aquela coisa. Não se deve demorar a perceber o que está na frente o tempo todo.

    ResponderExcluir
  2. Pois é, o tempo pode curar, mas também pode castigar.
    E como digo sempre, ele não para por você!
    Adorei.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Sempre queremos que chorem tanto ou mais como chorámos. Ela chorou, agora é a vez dele e acho muito bem. Não se espera eternamente. Ela seguiu, e de tal maneira que conseguiu virar-lhe as costas.

    ResponderExcluir
  4. A oportunidade bate uma única vez na nossa porta...

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. 300!! Estou te seguindo, adorei seu blog!!! Passa no meu http://www.mairacintra.blogspot.com/ e segue lá se gostar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. oie, tudo bom?
    nossa amei seus posts, li alguns e achei muito inteeressante a forma de sua escrita...
    estou te seguindo **
    passa no mue blog, e segue se gostar:
    jmsdramaqueen.blogspot.com

    bjitos

    ResponderExcluir
  7. O mundo dá voltas...

    espero que ela fique bem! E que ele aprenda...

    Um Beijo

    ResponderExcluir
  8. Ameei o post.
    seguindo, segue ?
    http://justbabih21.blogspot.com
    Beijos

    ResponderExcluir