25.3.11

Move on V

 Silêncio, é tudo que se pode ouvir novamente no quarto, Elle foi controlada e agora estava deitada em sua cama com os olhos focados no chão, Ben estava bem em sua frente com os olhos também focados no chão.  Desde que Elle descobrirá o que havia acontecido com ela não pode mais olhar em seus olhos, pois eles tinham algo que ele jamais havia visto antes e era algo que o deixava destruía, de repente o silêncio é cortado:
 _ Como isso pode acontecer comigo, logo comigo? - os olhos de Elle não estão mais focados no chão, agora havia somente lágrimas transbordando por eles.
 _ A querida, não é uma coisa que escolhemos é uma cruel e dolorosa rasteira da vida - ele se aproxima dela e a abraça com também lágrimas nos olhos.
 _ O que será de mim agora, o que será de nós? Nosso casamento, nossa vida - ela o abraça forte.
 _ Continuará o mesmo, não será isso que acabará com nosso amor, mesmo que arrancassem meu coração eles não conseguiriam tal proeza.
 _ Mas Ben, como você poderá viver com uma mulher pela metade, porque é isso que eu sou, uma mulher pela metade - ele se senta na cama e segura seu rosto para que olhe diretamente em seus olhos.
 _ Mesmo que só houvesse um terço de ti, uma faisca de ti eu continuaria a te amar do mesmo jeito que eu sempre amei e eu sempre estarei ao seu lado mesmo que sem pernas, sem braços eu sempre estarei aqui e nunca, nunca duvide disso - ela a olha nos olhos e o abraça forte - e isso é uma promessa.

3 comentários:

  1. Muito linda a história de amor que vence preconceitos, adoro coisa bonita e doce assim!


    Beijinho flor*

    ResponderExcluir
  2. Gostei...

    Aproveito para deixar o endereço do meu blog http://viagemsemretorno.blogspot.com/

    ResponderExcluir