2.4.11

Ultimamente nada anda me satisfazendo e eu me pergunto o que ainda me faz feliz. Nada do que eu faço parece satisfazer o mundo, as pessoas ao meu redor. As coisas andam perdendo o seu sentindo e aquilo que ontem era o meu mundo, hoje é só algo a mais. O mais triste é ver que isso está acontecendo também com uma das coisas que eu mais gosto de fazer, aquilo que me faz esquecer o mundo e os problemas em um segundo, aquilo que mostra o meu verdadeiro ser, aquilo que eu compartilho todos os dias com vocês, a minha escrita, meu pequeno mundo. Sei lá, não sei explicar ao certo para vocês, ao mesmo tempo que não tenho inspiração para nada,  brotam alguns textos , mas não parecem bons, não parecem satisfazer aquilo que eu e vocês esperam de mim. Não, eu não estou cobrando nada de vocês, estou cobrando de mim, estou cobrando respostas de perguntas que eu nem sabia que existiam. Estou vivendo mais uma crise existencial e eu tenho medo que isso possa acabar com aquele calor que me instiga a escrever cada vez mais, aquela vontade louca de compartilhar com vocês o meu mundo. Eu não sei o que fazer, o que vai ser e nem ao menos quantas vezes mais voltarei aqui. É um ponto que pode ser o final.

5 comentários:

  1. Escrever é um hobbie,uma distração e libertação dos sentimentos. Nao deixe-o.

    ResponderExcluir
  2. Eu sei exatamente o que você está passando. Também estou com crise existencial.
    Mas não deixe nunca de escrever, por mais que os textos não pareçam bons, escrever nos liberta de nós mesmos..

    ResponderExcluir
  3. Olá Thais, como vai?

    vejo que em constante mutação, rs. É é exatamente isto. Você não está em crise existencial, a menos que sinceramente não consiga olhar para o céu e se entender aqui no chão. Você sabe qual é o seu lugar no mundo, mesmo que ainda não saiba qual é o seu papel. Toda esta falta de criatividade' ou de inspiração, significa uma coisa tão bonita que se vc puder encarar ela de frente, sem olhos de cobrança com vc mesma poderá enxergar. Você está deixando alguma coisa tua para tras e mudando de rumo em algo aí dentro. Esta transição é como 'lavar a alma' onde, na ânsia de se libertar de algumas coisas, vc se liberta de tudo e parece não querer nada. pois é pequena borboleta, quando esta transição chegar ao fim, eu quero estar aqui pra ver vc voando nas palavras como sempre!

    um grande beijo

    ResponderExcluir
  4. Curti muito seu blog. Já estou te seguindo... =)

    ResponderExcluir
  5. nao vai ser o final nao, ja tive epoca assi mtbm, mas a inspiração sempre volta, de alguma maneira!

    beijo :)

    ResponderExcluir